Como mudar o visual da casa usando papel de parede | CMO com Você

Confira as nossas dicas e aprenda como se pode mudar o visual da casa usando papel de parede

Quer mudar a sua casa de forma ágil e prática? Pois, o papel de parede pode ser a resposta. Essa é uma técnica clássica, muito utilizada na decoração de ambientes. E ao contrário do que muitos pensam, ainda é uma excelente alternativa, mesmo em propostas contemporâneas.

O bom é que combina com vários gostos e bolsos. Isso porque a moda muda a todo instante, permitindo surgir mais e mais modelos todo dia.

Tem papéis de paredes que são lisos. Outros são geométricos ou com estampas mais discretas. Alguns têm figuras de personagens animados ou imitam texturas de materiais naturais.

Concluindo, existem muitas boas possibilidades de deixar o visual da casa “novo em folha” – literalmente. Basta que a pessoa escolha o seu papel preferido e ponha as mãos à obra! Duvida? Então, confira o texto a seguir!

As vantagens do papel de parede para a decoração de interiores

Já é sabido que os papéis de parede são capazes de revolucionar os ambientes. Mas, quais são as reais vantagens e desvantagens desse tipo de material? Bem, o primeiro ponto positivo que se pode destacar é que ele tem uma instalação muito rápida, sem muita bagunça ou sujeira.

A manutenção também é simples. E, num balanço final, percebe-se que todo o processo é econômico e duradouro.

Outra vantagem do papel de parede é que, com ele, o projetista consegue trazer aos ambientes da casa estampas, grafismos e efeitos em três dimensões. Os padrões repetidos seriam muito complicados de se fazer à mão. E essa solução não deixa a desejar. Pelo contrário, as superfícies tendem a ficar tão bonitas quanto se tivessem uma camada de pintura, textura ou outra forma tradicional de revestimento.

Independente de quais sejam as preferências da pessoa, com certeza ela encontrará uma textura que combine com o seu estilo. Só que, tenha ela escolhido dos mais coloridos aos mais clássicos, isso não importa. Pois, ainda terá de buscar meios de harmonizar a estampa com o conjunto decorativo, evitando a poluição visual.

Talvez seja o caso de experimentar cores semelhantes à paleta já existente no cômodo. A não ser que a ideia seja mesmo chocar e incentivar a imaginação. Aí o ideal seria estudar melhor o caso. E o designer é o profissional perfeito para analisar todos os pormenores e dar a solução mais adequada, correspondendo com a atividade desempenhada em cada setor da casa.

Para áreas molhadas, como cozinhas, lavanderias e banheiros, por exemplo, certamente ele dirá que o papel de parede comum não serve. Nesse caso, o melhor são os modelos vinílicos, fabricados em PVC. Eles são mais resistentes à luz e à umidade, garantindo a facilidade na lavagem do material.

Já para as áreas dos quartos, salas, home-offices e circulações, o papel de parede ideal é o do tipo TNT. A diferença deste para o em PVC é que necessita de mais higienização com detergente – o que pode parecer uma desvantagem para algumas pessoas.

Também há os modelos feitos em fibra de celulose, ainda mais delicados e menos duradouros. Na dúvida, é melhor pedir a opinião do profissional especializado.

Sobre a instalação do papel de parede

Atualmente, existem no mercado várias opções de papéis de parede, uma mais moderna que a outra. Mas, independente de serem feitas de matéria-prima ou terem desenhos diferentes, todas exigem a mesma coisa, que é o nivelamento da superfície onde o produto será aplicado. Se a parede for muito áspera é provável que o papel não aderirá muito bem. Então, o que fazer?

Nesse caso, é preciso corrigir essas irregularidades ou os buracos e demais problemas existentes, como infiltrações. Só assim se garantirá uma boa aderência do material. Talvez seja até o caso de aplicar uma camada de gesso liso ou Drywall sobre a superfície a ser trabalhada.

Para fixar o papel de parede na parede, basta molhá-lo com água e colocá-lo corretamente sobre o local definido. Será necessária uma régua para alisá-lo e retirar quaisquer bolhas que se formem. Também um estilete para cortar suas sobras ou para retirar o que foi fixado errado. Novamente, umedecendo com água, basta puxar para ir arrancando os pedaços mais difíceis.

O papel de parede mais indicado para cada setor da casa

O papel de parede pode decorar grandes superfícies ou apenas destacar um único ponto do ambiente. Dependendo do caso, ele pode transmitir sensações diferentes.

Por exemplo, quanto mais claro o tom do material ou discreta for a sua estampa, maior e mais iluminado parecerá o espaço. Por isso, é importante o projetista pensar bem em qual mensagem ele deseja passar antes de fazer a escolha do padrão visual.

Uma forte tendência nas propostas contemporâneas é o papel 3D, que cria ilusões com seus formatos variados e figuras em alto-relevo. Também há os metalizados, que trazem muita sofisticação aos interiores, inclusive na cozinha.

Os que simulam outros revestimentos, como madeira, tijolo aparente, azulejo, cimento queimado e pedras naturais. E a opção mais querida, de estampas lisas geométricas.

Em paredes de banheiros, os papéis de parede mais indicados são os em cores claras, como azul, dourado e amarelo. Já os lavabos até ficam bem com tons mais escuros.

Dormitórios combinam com papéis em tons suaves e linhas geométricas discretas, além de desenhos que estimulam o relaxamento.

Quando o ambiente serve a um casal, o melhor são os temas românticos. Para crianças, podem-se usar estampas com personagens animados. Já os idosos precisam de mais tranquilidade e conforto, algo que combina com cores como lilás, turquesa e verde-água.

Sala de jantar e home-offices são ambientes mais complicados de decorar. Deve-se ter muito cuidado na hora de escolher um papel de parede para esse tipo de ambiente, devido ao tempo de permanência que as pessoas ficarão no local.

Na área de refeições o melhor são os tons laranja e vermelho – se a intenção for mesmo incentivar o consumo de comida, claro.

Já no espaço do escritório, o projetista é mais livre para abusar dos temas. Mas, é preciso que ele explore a sua criatividade ao máximo para dar certo. Vale tudo, cores alegres, estampas gráficas, listras, texturas e mais.

A ideia é fazer o usuário se sentir bem, estimulado para trabalhar e desempenhar as tarefas com a maior concentração possível.

Como e onde os papéis de paredes podem estar empregados?

Em revestimentos de paredes; portas; letras decorativas; fundos de nichos, gavetas ou armários.

Ou cobrindo prateleiras de estantes; degraus da escada; vasos de plantas; molduras de quadros; cabeceiras de camas; tampos de mesa – com vidro protegendo; e muito mais.

Agora, é só escolher os melhores lugares de sua casa para colocar o papel de parede e mãos à obra!

Estas dicas de decoração com papel de parede para sua casa foram criadas pela equipe Viva Decora.

Comentários do Facebook

Compartilhar:

Outros artigos para você

200
dicas

Como decorar um apartamento de 76m²?

Confira as nossas dicas e aprenda como se pode mudar o visual da casa usando papel de parede Quer mudar a sua casa de forma ágil e prática? Pois, o papel de parede pode ser a resposta. Essa é uma técnica clássica, muito utilizada na decoração de ambientes. E ao contrário do que muitos pensam, […]

200
dicas

Bonito e barato: os melhores sites para comprar itens de…

A melhor invenção do século 20 aparece para salvar casas e apartamentos desesperados por uma decor.

200
dicas

Dicas de decoração para quarto de hóspedes

Tenha um cantinho especial no seu apê para quando receber visitas