Qual o truque para poupar dinheiro e finalmente comprar um apartamento? | CMO com Você

A má notícia é que não tem truque. Sempre desconfie de táticas muito fáceis que prometem resultados rápidos do tipo “economize o dinheiro do cafezinho e enriqueça em 6 meses”, porque as chances de ser uma grande furada são altas. No entanto, a boa notícia é que poupar dinheiro é possível, e sim, pode ser mais tangível do que você pensa.

O primordial é reavaliar a sua rotina e diagnosticar como você usa o seu dinheiro. Muitas vezes temos oportunidades de poupar no dia-a-dia que nem percebemos e por isso deixamos passar. Por exemplo, quem mora com pais costuma ter mais folga financeira e provavelmente consegue economizar mais do que imagina; da mesma forma, quem mora sozinho, mas tem a chance de levar o almoço de casa consegue diminuir os gastos com comida na rua. E você, onde pode melhorar seus gastos?

Comprar um apartamento na maioria das vezes é um grande sonho, mas que pode ser conquistado a partir de pequenas atitudes. Apesar do valor de um imóvel parecer muito grande num primeiro momento, se engana quem pensa que precisará poupar o valor total logo de cara. Se você conseguir reduzir seus gastos até acumular pelo menos o dinheiro da entrada, basta ter um bom score para financiar o resto e você pode se mudar para seu novo lar sem ter nem a metade do custo dele em mãos.

MANTENHA O CONTROLE

O segredo de quem não tem problemas financeiros e ainda consegue lucrar com seu patrimônio é saber exatamente para onde vai seu dinheiro. Acompanhe suas rendas e seus gastos de perto. Isso te mostrará mais claramente onde você pode economizar e fará com que você tenha controle dos seus gastos. Para facilitar, vale anotar tudo em um caderno ou utilizar planilhas do excel. Hoje em dia é possível contar até com aplicativos gratuitos que fazem esse acompanhamento automaticamente para você, como o Guia Bolso.

Qual o truque para poupar dinheiro e finalmente comprar um apartamento 02

O cartão de crédito é um dos maiores inimigos do controle financeiro

Sabemos que nem sempre controlar os gastos é uma tarefa fácil na correria diária, e fica ainda mais desafiador quando entra a figura do cartão de crédito. É fácil não perceber quanto gastamos no crédito porque não conseguimos ver o dinheiro saindo da nossa conta, o que costuma levar a gastos excessivos e pior: juros altíssimos se a fatura não for paga na data certa. Especialistas aconselham evitar ao máximo o uso do cartão, de preferência nem levando ele na carteira para não cair em tentação.

Leia também: “Entenda como funcionam os juros”.

E se for possível diminuir os gastos no débito também, ótimo! A forma mais fácil de controlar as despesas é utilizar dinheiro vivo, então pense na possibilidade de estipular um teto de gastos semanais e saque o dinheiro no caixa eletrônico toda segunda-feira, por exemplo. Pode parecer trabalhoso no começo, mas aos poucos você irá incorporar isso à sua rotina e vai ficar mais fácil, te ajudando a poupar sem perceber.

FAÇA GASTOS SAUDÁVEIS

É importantíssimo fazer uma autoanálise e descobrir se a sua relação com dinheiro é realista, racional e responsável. A melhor forma de não se enrolar com as dívidas é não gastar mais do que pode. Parece simples, porém muita gente cai na armadilha de fazer compromissos muito mais caros do que o bolso suporta. Se você não tem renda suficiente, poupe um pouco mais e adie seu objetivo por um tempinho. Pode ser frustrante, mas você garante que não vai levar prejuízo e nem ter que fazer um distrato, no caso de um imóvel, devolvendo seu apartamento para a construtora, por exemplo.

Avaliar se seus gastos são responsáveis significa pensar nas consequências deles a longo prazo. Comprar um carro usado cheio de problemas mecânicos que precisarão ser consertados não é uma boa ideia, pois obviamente as chances desse carro te trazer problemas depois são grandes. O mesmo vale para um apartamento usado que é muito velho e tem vazamentos, ou mesmo para um imóvel de uma nova construtora que não tem nenhum empreendimento pronto ainda.

Qual o truque para poupar dinheiro e finalmente comprar um apartamento 01

Gastos saudáveis evitam que você coloque seu dinheiro em furadas

No geral, comprar imóveis é um investimento conservador, e por isso mesmo seguro. Independente das variações econômicas e políticas pelas quais o Brasil está passando atualmente, o seu bem estará protegido e quando quitar o pagamento você terá para sempre a garantia de ter onde morar. Investimento imobiliários tem retorno a longo prazo e não tem muita liquidez, ou seja, o dinheiro não pode ser retirado a qualquer momento, o que é excelente para quem pensa no futuro e quer ter tranquilidade. Bens imóveis ainda apresentam a possibilidade de lucro imediato através do aluguel, o que é uma fonte de renda que pode ser acessada a qualquer momento.

Sempre faça a avaliação antes de gastar o seu dinheiro, independentemente do nível de investimento. Não precisa fazer uma análise muito profunda sempre que for comprar um sapato novo, mas mesmo na hora de comprar itens de valores mais baixos, lembre-se de checar se ele passa no teste dos três R’s:

Esse gasto é…

…Realista – Eu consigo pagar?

…Racional – Tenho certeza de que não estou comprando por impulso?

…Responsável – Essa compra me trará benefícios?

Se a resposta para essas três perguntas for sim, siga em frente!

.


Espero que este post tenha sido útil! Gostou do artigo? Se você se interessa por esse assunto, não pare por aqui! Baixe gratuitamente o novo e-book Quero um Lar Para Chamar de Meu para entender mais sobre economia e finanças e se planejar para finalmente comprar seu próprio apartamento. Clique no banner a seguir:

clique aqui para baixar gratuitamente o e-book quero um lar para chamar de meu

Comentários

Compartilhar:

Outros artigos para você

200
dicas

Entenda como funcionam os juros

Conhecer os diferentes tipos de juros e saber como calcular as taxas diminui suas chances de prejuízo financeiro

200
dicas

Comprar ou Alugar um apartamento: Vantagens e Desvantagens

Analisamos a fundo cinco quesitos primordiais para entender os pontos fortes de comprar ou alugar um apartamento

200
dicas

Primeiros Passos Para Comprar Um Apartamento

Confira essas dicas e descubra as etapas para conquistar seu primeiro imóvel